top of page
soul.png

Produtos originais

truck.png

Entrega para todo o Brasil

card.png

Informações seguras

Pedra da Mina (2.798m), Pico do Capim Amarelo (2.491m), Pico dos Três Estados (2.656m) e Cupim de Boi (2.543m).

 

A travessia da Serra Fina é um dos trekkings mais famosos do Brasil. Ela foi consolidada nos anos 1990, quando a Serra da Mantiqueira ainda era pouco conhecida e considerada a travessia mais difícil do país na época. Era um grande desafio devido às trilhas fechadas, à longa distância, a altimetria acumulada e, principalmente, a falta de pontos para captação de água. Atualmente, a trilha está bem marcada e novos pontos de água foram descobertos, no entanto, ela continua sendo uma das travessias mais desafiadoras do nosso país.

 

Localizada na tríplice fronteira entre Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, essa travessia possui desníveis topográficos acima de 2.000m, passando por belas montanhas. O seu ponto mais alto é a Pedra da Mina com 2.798 m de altitude, mas durante a caminhada também passamos pelo Pico do Capim Amarelo com 2.491 m de altitude, pelo Pico dos Três Estados com 2.656 m de altitude e o Cupim de Boi com 2.543m, acumulando cerca de 30 quilômetros de distância.

A travessia recebe esse nome por passar por vários trechos estreitos de cristas, que em alguns locais podem chegar a menos de um metro de largura.

 

Se aventurar pelas cristas e montanhas da Serra Fina é um desafio desejado por montanhistas de todo o Brasil, além de ser um ótimo treino para quem quer realizar desafios maiores no exterior.

Travessia Serra Fina TESTE

R$ 3.240,00Preço

Confira abaixo nosso roteiro:

 

Nível da Expedição: Difícil

Duração: 5 dias

Ponto de encontro inicial: Itanhandu - MG.

 

​-

Distância total percorrida: 35 km

Altimetria total acumulada: 2432 m

-

Dia 01 | Chegada em Itanhandu - MG

Nos reuniremos em um refúgio de montanha na cidade de Itanhandu em Minas Gerais. O local conta com estacionamento, onde você poderá deixar o seu carro. Caso vá de ônibus, será necessário pagar um táxi para se deslocar da rodoviária da cidade até o Refúgio. Converse com nossa equipe para saber o melhor caminho para você.

Incluso: Pernoite em refúgio

 

 

Dia 02 | Itanhandu – Acampamento Maracanã

O ponto inicial da nossa travessia será a Toca do Lobo, para onde nos dirigimos após o café da manhã. No primeiro dia iremos subir o Capim Amarelo (são cerca de sete horas de subida). Após alcançar os campos de altitude, vamos chegar ao primeiro acampamento. Nossa equipe ficará responsável por montar as barracas e preparar o jantar para que você possa descansar e curtir mais a montanha.

Incluso: Transporte até a trilha, café da manhã no refúgio, lanche de trilha, jantar e estrutura de acampamento

Altimetria acumulada: 1400m

Distância prevista: 6,5 km – 7 horas

 

 

 

Dia 03 | Maracanã – Pedra da Mina

O objetivo do segundo dia de nosso trekking é atingir o cume da Pedra da Mina (2.798m), que será o ponto mais alto da travessia. Para isso, acordaremos cedo, tomaremos um café da manhã reforçado e, após desmontar o acampamento, seguiremos pela trilha. Neste dia caminharemos mais pela crista, mas ainda cruzamos vales com capim alto e até mesmo um charco. Na parte final deste trecho será necessário realizar uma “escalaminhada”, ou seja, utilizaremos as mãos para progredir, o esforço, no entanto, será compensado por um belo visual do Parque Nacional de Itatiaia e do Pico das Agulhas Negras, além de dezenas de outras montanhas.

 

Enquanto nossa equipe monta o acampamento e prepara o jantar, recomendamos que você aproveite o belo pôr do sol visto deste local. Também há a opção de acampar um pouco mais abaixo, no Vale do Ruah dependendo das condições da montanha e do limite de barracas disponíveis em cada acampamento.

Incluso: Café da manhã, lanche de trilha, jantar e estrutura de acampamento

Altimetria acumulada: 1.000m

Distância: 7,5km – 8 horas

 

Ponto de água: Cachoeira Vermelha – Antes de subir a Pedra da Mina (todos devem reabastecer de 3 a 4 litros de água).

 

 

 

Dia 04 | Pedra da Mina – Pico dos 3 Estados

No terceiro dia alcançaremos o Pico dos Três Estados, a 11ª maior montanha do Brasil. Essa é mais uma bela montanha da travessia e para chegar lá passaremos pelo vale do Ruah e percorremos uma trilha onde predomina a vegetação típica desse local, formada por Capim elefante e bambuzinhos. Apesar de ser muito bonita, a vegetação pode prender a nossa mochila e dificultar a progressão, por isso recomendamos que coloque tudo para dentro e não deixe nada pendurado que possa enroscar.

Passaremos por um rio e um lajedo e então chegaremos ao cume, que será o local do nosso acampamento.

Distância: 6,5km – 7 horas

Altimetria acumulada: 730m

Ponto de água: Rio Verde – Vale do Ruah (todos devem reabastecer de 3 a 4 litros de água).

 

 

Dia 05 | Pico dos 3 Estados ao Sítio do Pierre - Refúgio Itanhandu/MG

Esse será o último dia de nossa aventura e o objetivo é chegar até o ponto final. Será um dia de caminhada mais curto e apenas com descida. No final da trilha haverá um transporte nos esperando que nos levará até o refúgio, onde poderemos nos preparar para voltar para a casa.

Caso você deseje permanecer mais uma noite no refúgio, avise nossa equipe e consulte os valores.

 

Incluso: Café da manhã, lanche de trilha, traslado para o refúgio, chuveiro no refúgio.

Distância: 10,8km – 7:30 horas

Altimetria acumulada: 385m

Ponto de água: no fim da travessia.

bottom of page